domingo, maio 15, 2005

Mais um! Quantos virão a seguir?

De acordo com a edição deste domingo do DN Luís Nobre Guedes e Telmo Correia aprovaram, quatro dias após as eleições legislativas, ainda como ministros, uma declaração de interesse público que permite dar seguimento a um empreendimento turístico no distrito de Castelo Branco. Mais um. Depois do caso de Benavente, começa a delinear-se algumas evidências daquilo que Paulo Portas sempre insistiu em dizer. «Tenho muito orgulho nos ministros do CDS». Tem razões para tal, já que não restam dúvidas de que, se há matéria em que os seus ministros têm muito à vontade, é no simples processo de assinar despachos. Despachos de milhões de euros. Despachos em que a legitimidade política já nem sequer existe para serem aprovados. E, já agora, uma pergunta INOCENTE: porque motivo o Governo de José Sócrates se apressou a dar seguimento ao despacho? Será porque o nosso primeiro-ministro é natural de Castelo Branco?

2 comentários:

Ginga disse...

tava a ver que ninguém se lebrava que o Sócrates era de Castelo Branco... Mas é preciso ter lata, 4 dias depois... Quanto é que eles não encaixaram?!? e o Sócrates tá de dar seguimento que já tinha a malta da terra dele a moer-lhe o juízo caso ele nao o fizesse. isto muda o cheiro ...

Ana Clara disse...

Diziam mal do Santana, agora quero ver como se vai portar este senhor que jamais pensaria ser primeiro-ministro tão cedinho...