quinta-feira, janeiro 03, 2008

Nova Lei do Tabaco

São muitas as dúvidas e incertezas quanto à lei, em vigor, desde o primeiro dia do ano. Sobretudo para os comerciantes e proprietários dos estabelecimentos. Para além de os sistemas de ventilação ainda nem sequer estarem homologados, a verdade é que ninguém se entende quanto à opção, independentemente da área em causa: FUMADORES ou NÃO FUMADORES.
A discussão que quero trazer para aqui, meus amigos, é apenas uma: concordam ou não com esta nova implementação — das mais restritivas da Europa — no que respeita à limitação daqueles a que muitos consideram «doentes da nicotina».
Como todos sabem, eu sou uma fumadora das piores. Garanto-vos que concordo com esta lei. Aquilo que eu gostaria de saber é o que pensam muitas pessoas da restrição de um direito individual e de uma garantia essencial num sistema democrático.
Dá a sensação até que nos querem tratar como marginais e delinquentes. Mas isso, meus caros governantes, não vão conseguir.
Não sou uma fundamentalista como pessoas que prezo imenso como o MST e o VPV. Contudo, há questões psicológicas e imorais que esta lei traz e de que ninguém fala.
Por mim, cumprirei letra por letra esta lei. Cumprirei até as lacunas que ela comporta. O que não me peçam para cumprir é a ideia de que todos parecem querer fazer de mim, FUMADORA, uma «assassina».
Beijos e abraços para todos.

Sem comentários: